End: Rua Tocantins, 2265, Centro, 85501-272 - Pato Branco, PR
Tel: (46) 3225-6000 - secretaria@paroquiasaopedropb.com.br

Horários:

Lareira

O Movimento da Lareira surgiu na Paróquia de Nossa Senhora Aparecida do Navio, Cidade e Diocese de Lages, Estado de Santa Catarina, no dia 28 de agosto do ano de 1973. Seus

fundadores, Frei Alido Rossa e Frei Hugolino Pedro Becker, ambos da Ordem dos Frades Menores.
No intuito de renovar a sua paróquia programaram um encontro de casais católicos ao qual teriam dado o nome de Lareira. Tal nome despontou em razão de que naquela noite de frio intenso , os dois Freis fundadores, observando o crepitar das chamas do fogão a lenha em frente ao qual se aqueciam veio-lhes a mente uma lareira. Por analogia associaram que é na lareira que as famílias se aquecem, se reúnem e colocam em dia suas diferenças e amores.
Na lareira o calor é como uma fonte renovadora e transformadora das famílias do seu rebanho, que a luz da fé aquece, purifica, renova e santifica a família como um todo. Esta seria a intenção dos fundadores da lareira. O grão de mostarda que haveria de crescer e se desenvolver para o bem de todas as famílias.
A Lareira busca manter acesa a chama do amor nos Lares para que nunca se apague a esperança, porque ainda resta uma esperança, “JESUS CRISTO“, por isso a Lareira é considerada “UMA OBRA DE DEUS NAS FAMÍLIAS“.

A Lareira em nossa Diocese

Inicialmente apoiado pelo Pe. Afonso Wandersnicht, que foi ele próprio conhecer a Lareira em Anita Garibaldi, juntamente com Luiz Grazick, que era solteiro e a irmã Érica, ambos de Francisco Beltrão.
Em 1976, o Pe. Arthur Vongeel e o casal beltronense Marcos e Luiza Vaz foram fazer esse mesmo retiro. A exemplo do que ocorreu em Lages (SC) também em nossa região o Movimento Jornada Jovemchegou primeiro. A primeira Jornada Jovem aconteceu nos dias 25 e 26 de Janeiro de 1975. No ano seguinte começou a articulação para fundação da Lareira, pelo Pe. Afonso e Itamar Martins Pereira. A partir de 1977, cada Lareira de Campos Novos (SC) recebia um casal de Marmeleiro e um de Francisco Beltrão para participar do retiro. Dessa forma, com o apoio desses casais, a primeira Lareira da Diocese aconteceu nos dias 18, 19 e 20 de maio de 1979.

Atuação

O movimento iniciou em Pato Branco, na Paróquia São Pedro Apostolo, através de dois ou três casais que participaram do retiro em Marmeleiro na década de noventa e a partir daí iniciaram as primeiras reuniões e encontros na cidade.
A primeira Lareira de Pato Branco deu-se nos dias 14, 15 e 16 de agosto de 1992, sendo o casal reitor Paulo e Elaine Flessak e o casal base Dari e Ritinha Gomes, e diretor espiritual Frei Delcio Lorenzetti.
Até o final de 2006, na Diocese já haviam sido realizadas cerca de 280 Lareiras com a participação de mais de 10 mil casais. Os retiros acontecem nas cidades de Marmeleiro, Francisco Beltrão, Dois Vizinhos, Pato Branco, São João, São Jorge do Oeste, Chopinzinho e Capanema.

Como Participar

Para  participar do movimento, o casal deve ser convidado por outro casal  que já tenha participação no grupo. Os retiros de Lareira acontecem em diversas paróquias da região Sudoeste. Em Pato Branco são realizados dois encontros anuais, um em cada semestre.
Os participantes do movimento estão distribuídos em diversos grupos na cidade, grupos estes, que realizam uma reunião mensal, seguindo agenda pré elaborada.
Uma reunião geral, com todos os integrantes, é realizada em toda primeira segunda-feira do mês, na Casa de Formação no Bairro Santa Clara. Após participar do retiro, os casais são convidados a se enganjar em trabalhos e serviços comunitários, principalmente junto as Pastorais da Paróquia e até mesmo nas capelas

Acesse nosso site aqui

Coordenação: Jonas e Marines