End: Rua Tocantins, 2265, Centro, 85501-272 - Pato Branco, PR
Tel: (46) 3225-6000 - secretaria@paroquiasaopedropb.com.br

Horários:

Notícias › 19/12/2018

Vaticano pede uma resposta completa e comunitária frente a abusos contra menores

O Vaticano pede “uma resposta completa e comunitária” frente ao escândalo dos abusos a menores, porque, enquanto esta não se der, “não só não conseguiremos curar as vítimas/sobreviventes dos abusos, mas a credibilidade da Igreja para levar adiante a missão de Cristo estará em perigo em todo o mundo”.

A Comissão Organizadora do Encontro de Presidentes das Conferências Episcopais para “A proteção de menores na Igreja” enviou uma carta aos participantes da reunião que acontecerá de 21 a 24 de fevereiro de 2019. No texto, a Santa Sé sublinha que “o primeiro passo deve ser o de reconhecer a verdade do que aconteceu”.

“Por esta razão, exortamos todos os presidentes das Conferências Episcopais para buscarem e encontrarem as vítimas sobreviventes aos abusos sexuais por parte do clero em seus respectivos países, antes do encontro em Roma, para realmente entender o sofrimento que suportaram”, assinala.

Na missiva são recolhidas algumas frases do Papa Francisco retiradas da Carta ao Povo de Deus, de agosto de 2018, publicada “em resposta à crise de abusos a qual a Igreja enfrenta”. Em seu texto, o Pontífice advertiu que “os abusados pelos clérigos também sofrem danos quando ‘negligenciamos e abandonamos os pequenos’”.

“E assim, ‘se no passado a omissão pôde tornar-se uma forma de resposta, hoje queremos que seja a solidariedade, entendida no seu sentido mais profundo e desafiador, a tornar-se o nosso modo de fazer a história do presente e do futuro’”.

A carta da Comissão Organizadora está acompanhada por um questionário que pretender ser “uma ferramenta para que todos os participantes do encontro em fevereiro expressem suas opiniões de modo construtivo e crítico, a medida que progredimos na identificação de onde se necessita de ajuda para levar adiante reformas agora e no futuro, e para nos ajudarmos a ter uma visão completa da situação na Igreja”.

“Com isso em mente, o Santo Padre nos pediu para lhes agradecer por seu apoio ao preencher o questionário anexo para nos prepararmos melhor para a reunião e convidá-los com urgência a empreender este caminho juntos. O Santo Padre está convencido de que, por meio da cooperação colegiada, pode-se enfrentar os desafios que a Igreja tem diante de si”, afirmam.

A carta finaliza recordando que “cada um de nós deve assumir este desafio, unindo-nos em solidariedade, humildade e penitência para reparar o dano causado, partilhando um compromisso comum de transparência e responsabilizando a todos na Igreja”.

O Diretor da Sala de Imprensa do Vaticano, Greg Burke, informou que “os organizadores estão pedindo aos participantes para que se reúnam com as vítimas de abusos em seus próprios países antes de virem para a reunião de fevereiro. E esta é uma maneira concreta de colocar as vítimas em primeiro lugar, e verdadeiramente perceber o horror que viveram”.

Do mesmo modo, assinalou que “o encontro sobre a proteção de menores será focada em três tópicos principais: responsabilidade, assunção de responsabilidades e transparência”.

Via ACI Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *