End: Rua Tocantins, 2265, Centro, 85501-272 - Pato Branco, PR
Tel: (46) 3225-6000 - secretaria@paroquiasaopedropb.com.br

Horários:

Notícias da Paróquia › 09/01/2021

Batismo: compromisso e serviço

 

Neste domingo, 10 de janeiro, celebramos o Batismo do Senhor e com isso cada católico recorda também o próprio batismo. Hoje a liturgia recorda o batismo de Jesus, realizado nas águas do Rio Jordão, por João Batista. Jesus se manifesta como o Filho de Deus que, com a força do Espírito Santo, cumprirá plenamente a vontade do Pai – o bem, a justiça e a paz entre os seres humanos. Trata-se, pois, do início da missão do Senhor, da qual todos nós, batizados participamos. Com efeito, ser batizado é tornar-se servo. É ser capaz de amar a justiça com todo o ser (mente, vontade e coração) no compromisso e serviço. Jesus é proclamado o Filho bem-amado, e sobre ele desce o Espírito Santo. “Tu és o meu Filho amado, em ti ponho o meu benquerer” (Mc 1,11). Nele se cumpre a palavra de Deus proclamada por Isaías, a qual dá o sentido de sua missão: “Eu te constituí como centro de aliança do povo, luz das nações, para abrires os olhos dos cegos, tirar os cativos da prisão, livrar do cárcere os que vivem nas trevas” (Is 42,6-7).  Nessa mesma linha vão as palavras de Pedro na segunda leitura (At 10,34-38).

Todos os batizados e batizadas conscientes de sua condição de seguidores (as) de Jesus precisam assumir este compromisso. Porque no batismo recebemos o Espírito Santo, força que prepara e impulsiona para a missão. E a missão requer que nos despojemos de privilégios pessoais e de toda mentalidade egoísta, para estarmos livres e poder mergulhar no mundo em que vivemos e ir ao encontro dos irmãos e irmãs que precisam da nossa dedicação, acolhida e amor. Se todo cristão batizado (a) fosse de fato participante da missão de Jesus, não haveria entre nós pessoas marginalizadas na comunidade e na sociedade. Essa é uma preocupação que merece atenção e cuidado. 

Todos são responsáveis por conscientizar as crianças e os jovens do compromisso assumido no batismo.  Para compreender e assimilar a graça recebida no batismo e discernir a nossa missão faz-se necessário buscar a vontade de Deus na oração, ajudados pelo Espírito Santo. Esse discernimento se dá no encontro com ele no silêncio, imersos no mistério da vida divina.

 Desse modo, seremos capazes de participar com os irmãos e irmãs na vida da comunidade, em contínua união com o Pai e assumindo a missão para a salvação de todos (as). Neste momento peçamos ao Senhor para que ajude – nos a nos comprometer com vosso reino e nos colocar a serviço para realizar o vosso projeto de justiça e vida para todos!

Por Rosemary de Ross, Escritora e autora de vários livros publicados pela Paulinas Editora. Membro da PASCOM – Pastoral da Comunicação – da Paróquia São Pedro Apóstolo – Pato Branco – Parana 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *