End: Rua Tocantins, 2265, Centro, 85501-272 - Pato Branco, PR
Tel: (46) 3225-6000 - secretaria@paroquiasaopedropb.com.br

Horários:

Notícias da Paróquia › 27/06/2021

São Pedro, rocha firme da igreja de Cristo.

Num pequeno vilarejo chamado Betsaida, às margens do lago de Genesaré, ou Mar da Galiléia, no norte de Israel, nasceu São Pedro. Seu nome de nascimento era Simão. Era filho de Jonas e tinha um irmão, André. Este foi quem o apresentou a Jesus. Os dois se tornaram discípulos de Jesus e mais tarde apóstolos. São Pedro era pescador e possuía um barco, em sociedade com seu irmão. Ambos trabalhavam no Mar da Galiléia, um lago de água doce formado pelo Rio Jordão, na região da Galiléia em Israel.

Pedro era casado (Mc 1,30) e sua mulher o acompanhava sempre no seu ministério itinerante (1 Co 9.5).Ele nunca frequentou academia rabínica, não teve educação especial em teologia e retórica, nem educação formal na lei judaica, por isso era considerado homem sem letras ou indouto (At 4,13).

Pedro, pescador de homens (Lc 5,8-10) – Simão era pescador, e a primeira vez que ele aparece no cenário bíblico, encontramo-lo lançando a rede, juntamente com seu irmão, André, e mais dois companheiros, os irmãos Tiago e João, no mar da Galiléia (Mt 4,18). Aquele dia seria um dia como qualquer outro, não fosse o seu encontro com um homem de Nazaré, chamado Jesus, o qual mudaria a sua vida para sempre, e o tornaria figura proeminente na história da igreja de Cristo. Simão se tornaria pescador de homens.

A Missão – Pedro torna-se um dos principais apóstolos de Jesus – Assumiu um importante papel na missão de “cristianizar”. Enquanto Jesus se encontrava fisicamente entre o povo, Pedro acompanhou vários de seus milagres. Tinha uma proximidade tão grande com o Mestre que, quando Jesus ressurgiu depois de sua morte, Pedro foi o primeiro a vê-lo. É considerado o primeiro papa da Igreja Católica e chamado pelos fiéis católicos por São Pedro. Essa definição é dada baseada na seguinte passagem: “que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.” (Mt 16,18-19).

A primeira pregação de Pedro aconteceu no dia de Pentecostes. Expandiu seu ministério por várias regiões. Durante tais viagens, encontrou-se com Paulo e tornaram-se grandes amigos e companheiros de missão. No ano 64 d.C, Pedro morreu crucificado. Quando soube que seria crucificado, Pedro escolheu ser posto de cabeça pra baixo, por considerar-se indigno de morrer como Jesus. O primeiro pontífice católico está enterrado na basílica São Pedro, que leva seu nome e se localiza no Vaticano.

As características que mais me encantam em São Pedro são: a sua capacidade de aprender, de se lançar e a sua enorme sinceridade, humildade e transparência. Ele era analfabeto, mas tinha uma capacidade de aprender muito grande. Ele era o apóstolo que mais tomava as palavras de Jesus como “ensinamentos”. Ele acreditava piamente em tudo que saia de sua boca. As palavras de Jesus e seus ensinamentos eram como um refrigério para a sua alma e o seu coração. Ele escutava tudo que Jesus falava com muita atenção, como se fosse um menino com sede de aprender. Ele queria seguir o mestre em tudo que fazia e dava o seu melhor para não desapontá-lo e mostrar que podia muito mais.

Com a história de São Pedro, aprendemos que Deus chama o homem, apesar dos seus defeitos, a fim de projetar nele o seu caráter mediante a obra do Espírito Santo. Ele conhece a estrutura de cada um de nós, sabe de nossas imperfeições e nos ama. Porém, entre todas as virtudes, a que não pode faltar ao servo do Senhor é sinceridade. Se formos sinceros e desejarmos realmente servi-lo com toda a dedicação, a porta estará aberta para o Espírito Santo efetuar as transformações necessárias em nosso ser e em nossa vida.

Por Rosemary de Ross Debastiani. Escritora e autora de vários livros publicados pela Paulinas Editora. Membro da PASCOM – Pastoral da Comunicação – da Paróquia São Pedro Apóstolo – Pato Branco – Paraná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *