End: Rua Tocantins, 2265, Centro, 85501-272 - Pato Branco, PR
Tel: (46) 3225-6000 - secretaria@paroquiasaopedropb.com.br

Horários: Segunda à sábado: às 7hs na Capela e 19hs30min Matriz Segunda a segunda: às 19h30 na Matriz Toda terça-feira: às 15h na Matriz – (com pão de Santo Antônio) Toda primeira e última sexta-feira do mês: às 15h na Matriz Domingos: às 8h, 9h30min, 18h e 19h30min na Matriz Missas de batizados nos primeiros e terceiros domingos do mês às 9h30min.

Notícias da Paróquia › 28/03/2021

Semana Santa – Domingo de Ramos

Celebramos a entrada solene de Jesus em Jerusalém, no Domingo de Ramos, que marca o começo da Semana Santa e nos prepara para revivermos a Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor. Os ramos, abençoados nesse dia, são o sinal da vitória da vida sobre a morte e o pecado. No Domingo de Ramos se comemora também a festa dos jovens, em todas as dioceses do mundo, por iniciativa de João Paulo II, desde 1984. O Domingo de Ramos é, simbolicamente, a “porta de entrada” da Semana Santa e, portanto, para chegar à Páscoa. Em tempos normais, sem pandemia, como na época de Jesus, a bênção dos ramos atrai as multidões, nas igrejas e procissões.

Jesus entra triunfalmente em Jerusalém

A passagem evangélica da entrada triunfal de Jesus em Jerusalém dá todo o sentido à bênção dos ramos. Revivem-se os momentos em que a multidão acolhe Jesus na cidade de Davi, “cidade símbolo da humanidade” – João Paulo II – , como um rei, como o Messias esperado há séculos. Aclamam Jesus, dizendo: “Bendito é aquele que vem em nome do Senhor” e “Hosana” – em hebraico, este termo significa “Salvai-nos!” e se tornou uma exclamação de triunfo, alegria e confiança. Jesus é um Rei de paz, humildade e amor. Ele se apresenta à multidão montado em um jumentinho. Zacarias havia anunciado: “Eis que o teu rei vem a ti, manso e montado num jumento, num jumentinho, num potro de jumenta” (Zc 9, 9). As pessoas estendiam seus mantos no caminho ou o cobriam com ramos de árvores, como relata Mateus, em seu evangelho (Mt 21, 8).

Neste ano, mais uma vez, temos restrições devida a pandemia. Mas nem por isso, deixaremos de celebrar o Domingo de Ramos, a Quinta Feira Santa, a Sexta Feira Santa,  o Sábado de Aleluia e o Domingo de Páscoa.

Em nossa paróquia, teremos a seguinte programação na Semana Santa:

Nesta Semana Santa, devemos associar tudo que estamos vivendo, ao sofrimento de Cristo! Jesus foi açoitado, esbofeteado, teve a barba arrancada, foi insultado e cuspido. Mas, nenhum sofrimento O fez desistir de sua missão. Devemos aprender com Ele e olhar a vida de forma positiva, sabendo que tudo passa! Seguir em frente …com fé.

Por Rosemary de Ross Debastiani, Escritora e autora de vários livros publicados pela Paulinas Editora. Membro da PASCOM – Pastoral da Comunicação – da Paróquia São Pedro Apóstolo – Pato Branco – Paraná.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *