End: Rua Tocantins, 2265, Centro, 85501-272 - Pato Branco, PR
Tel: (46) 3225-6000 - secretaria@paroquiasaopedropb.com.br

Horários:

Notícias da Paróquia › 14/11/2020

Traz informações a respeito das eleições aos cristãos

A cartilha de orientação política é uma iniciativa dos bispos do Paraná, que formam a chamada Regional Sul 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB – , a cartilha tem como objetivo orientar e informar os fiéis a respeito das eleições. Dividida em três partes: na primeira parte – trabalha o conceito de política, cidadania, democracia, a importância do voto, a diferença dos poderes legislativo, executivo e judiciário. Na segunda parte – mostra a relação entre igreja e política. E na terceira parte, trata objetivamente das eleições municipais de 2020. Ela possui linguagem de fácil compreensão sobre o universo da política, a partir do olhar da Igreja Católica, que não se identifica com nenhuma ideologia ou partido político.

O subsídio é destinado a eleitores e candidatos, grupos de reflexão, paróquias e comunidades. Com o título “Os cristãos e as eleições”, a cartilha tem como tema “A boa política está a serviço da vida e da paz”. “O objetivo do subsídio é contribuir para a formação de uma sadia consciência política, motivar a participação no processo político e fornecer critérios de orientação para as eleições municipais”, informa o Regional Sul 2 da CNBB.

As cartilhas ficam disponíveis na secretaria da paróquia e na entrada da igreja – acessíveis aos fiéis. Também, podem ser encontradas na internet, basta digitar “Cartilha de orientação política CNBB 2020” ou pode usar o QR Code que está presente nas cartilhas.

 

 “Quando a Igreja Católica se manifesta por meio do Papa e dos bispos sobre questões da vida pública, ela faz isso, motivada pelo seu dever de servir a comunidade humana e de participar na edificação do bem comum. Suas motivações são baseadas no Evangelho de Cristo e nos princípios morais decorrentes de sua fé. Como instituição presente na sociedade, com reconhecimento público, ela tem o direito e o dever de participar da edificação da sociedade” – destaca o cardeal Dom Odilo Scherer.

“Envolver-se na política é uma obrigação para um cristão. Nós, cristãos, não podemos nos fazer de Pilatos e lavar as mãos. Não podemos! Devemos nos envolver na política porque a política é uma das formas mais elevadas da caridade, porque ela procura o bem comum” – Papa Francisco – .

 Também nas palavras do Papa Francisco, “A boa política está a serviço da vida e da paz”, porque ela pode construir a dignidade humana e o bem comum. A missão não é só dos candidatos e dos eleitos, mas de todas as pessoas que precisam fazer alguma coisa. Continua Papa Francisco ao afirmar que “um bom católico interfere na política, oferecendo seu melhor para que o governante possa governar”.

Somos seres políticos, dizia Aristóteles, e se queremos algo melhor, com mudanças significativas na sociedade, precisamos fazer a nossa parte! No dia 15 de novembro, vote com consciência, responsabilidade e com a certeza de que sua decisão é um gesto de caridade que expressa seu compromisso cristão. 

(Fonte : www.cnbbs2.org.br )

Por Rosemary de Ross, Escritora e autora de vários livros publicados pela Paulinas Editora. Membro da PASCOM – Pastoral da Comunicação – da Paróquia São Pedro Apóstolo – Pato Branco – Paraná.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *